Dia 61 – Amor com muito amor

Aqui estou eu para dizer mais uma vez o quanto sou privilegiada por viver o que estou vivendo com o Miguel. Sou amor da cabeça aos pés… Que coisa boa sentir isso! Como dividi cada pedacinho desse romance com vocês, não podia deixar de contar a última novidade do casal mais apaixonado do mundo! Desconfio que vocês irão vibrar com a minha revelação: deixei todas as minhas inseguranças de lado e… passei minha primeira noite com o Miguel. Isso mesmo! E foi lindo, intenso. Um amor só, um carinho sem fim, uma vontade inexplicável de ficar junto para sempre! O Miguel foi tão paciente, tão generoso. E me disse coisas que jamais esquecerei. Disse, por exemplo, que nunca fez amor com tanto amor… Eu posso dizer o mesmo.
Como me sinto mais leve! Essa história me consumia há tempos, vocês sabem. E depois de tanta insegurança e paranóia, vou dizer uma coisa para vocês: é muito mais parecido do que diferente, sabia? Claro que hoje sou outra mulher, com outro corpo, outras áreas de sensibilidade. Estou redescobrindo isso tudo. Como o Miguel mesmo disse, ainda temos um mundo de coisas para descobrir. Ele em mim e eu nele.
Bookmark e Compartilhe
Share |

7 comentários |deixe um comentario:

Daniela Rhodry disse...

O amor de vocês é o mais amor de todos!!!
Felicidades!!

Bj
Danie
www.lindaecheiadegraca.blogspot.com

Terapia disse...

Lu!
Com toda certeza a sua Terapeuta Ocupacional pode te ajudar!!!

Mah_to! disse...

Olá. Venho na verdade fazer uma "propagandinha". Li em um site de notícias que muitos estão a procura dos utensílios que você, Lu, usa: o garfo adaptado, os lápis e etc. E venho aqui dizer: PROCURE UM TERAPEUTA OCUPACIONAL. Sim, os T.O.s são responsáveis pelas chamadas: Tecnologias assistivas, as quais auxiliam o comer, o vestir-se e etc. Obrigada pela abertura de deixar comentários!
Mil beijos e viva o amor!

Juan disse...

vc e o miguel são o casal mais feliz do mundo!!! podem até se casar ja ...

Juan disse...

vc e o miguel são o casal mais feliz do mundo!!! podem até se casar ja ...

Anônimo disse...

Também tenho limitações no meu corpo, não sou tetraplégica como voce mas tenho artrite reumatóide. Sou bem novinha e também ando muito nervosa como poderei ter uma vida sexual satisfatória com o meu namorado. Só me dás força para ir em frente e com calma e amor pode-se tudo. :)

força Lu!!!
beijinhos

ana de portugal

Anônimo disse...

Também tenho limitações no meu corpo, não sou tetraplégica como voce mas tenho artrite reumatóide. Sou bem novinha e também ando muito nervosa como poderei ter uma vida sexual satisfatória com o meu namorado. Só me dás força para ir em frente e com calma e amor pode-se tudo. :)

força Lu!!!
beijinhos

ana de portugal